Grande Ação Social entrou para a história de Belágua.

População é beneficiada pelos atendimentos realizados.

 

 

O dia 20 de setembro de 2015 ficará na história da cidade de Belágua – MA, no qual a cidadania se tornou realidade com a realização da XIII  Grande Ação Social da Maçonaria do Maranhão, onde a fraternidade e espírito do voluntariado foram decisivos para o sucesso do evento.

A abertura foi realizada pelo Governador do Estado do Maranhão, Flávio Dino, Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado do Maranhão – GLEMA, Ubiratan João de Castro e pelo Coordenador Geral da Grande Ação Social, Elias de Oliveira, com as presenças dos Secretários de Estado da Segurança Pública, Jeferson Portella, da Educação, Áurea Prazeres, dos Direitos Humanos e Participação Popular, Chico Gonçalves, da Mulher, Laurinda Pinto, Secretário Chefe de Estado do Gabinete Militar, Coronel Leite e do Prefeito de Belágua, Adalberto Rodrigues.

Também estiveram presentes os Secretários adjuntos do Trabalho, Julio Guterres, da Educação, Padre Fábio e da Mulher, Susan Lucena, além do Superintendente de Articulação Política, Raimundo PC, Representante do Judiciário, Juiz de Direito da Comarca de Urbano Santos, Dr. Samir Araujo, Juiz de Direito da Comarca de Vargem Grande, Dr. Anderson Sobral de Azevedo,

Com o tema “Saúde e Solidariedade Humana”, a XIII Grande Ação Social da Maçonaria do Maranhão foi um evento de responsabilidade social promovido pela Maçonaria, com apoio do Governo do Estado do Maranhão, que buscou mudar a realidade de Belágua, considerada uma das cidades mais pobres do país.

Foram atendidas as população dos munícipios de Belágua,  São Benedito do Rio Preto, Urbano Santos, além da cidades de Chapadinha, Barreirinhas, Vargem Grande, Nina Rodrigues, Presidente Vargas e Itapecuru-Mirim, com a prestação dos serviços de orientação DST, distribuição de preservativos, aplicação de flúor e distribuição do kits de higiene bucal, vacina, medição de pressão, teste glicemia, exame de vista e atendimento médico. Também orientação sobre higiene pessoal, lazer, corte de cabelo, unha, maquiagem, consultoria para criação de gado, municipalização do transito na região, formação de conselheiro municipal de segurança, criação do disk denúncia, palestras sobre: primeiros socorros e combate a incêndios, segurança urbana, segurança local, orientação sobre o combate ao desperdício de água e energia elétrica.

Ainda houve a emissão de documentação (certidão de nascimento, carteira de identidade, carteira do trabalho, CPF, título de eleitor, carteira do idoso), distribuição de cestas básicas e realizado casamento comunitário. Distribuição de material escolar e informativo, fomento para a criação de cooperativas de acordo com as tendências econômica da região, sensibilização para os adultos retornarem as salas de aula, palestras sobre educação infantil, ensino médio, educação do trabalhador, escola tempo integral, sobre meio ambiente e oficinas pedagógicas.

 

 

A Campanha SOS VIDA também participou do evento com o objetivo de divulgar as ações que vem sendo desenvolvidas em relação a educação no trânsito, buscando sempre reduzir o crescente número de vítimas no trânsito.
“Preparamos um material lúdico para envolver o público infantil em tarefas que levarão a criança a refletir sobre o trânsito ideal, o trânsito que sonham ter na cidade em que vivem”, explica o coordenador geral da Campanha SOS VIDA, Lourival Cunha de Souza.

Para o Coordenador Geral, Elias de Oliveira, a Grande Ação Social atingiu plenamente o seu objeto de minimizar as desigualdades sociais, propiciando acesso gratuito aos serviços prestado durante o evento que propiciaram o acesso ao exercício da cidadania pelas populações carentes.

  

 

 

 

    Publicado em 20/09/2015 - fonte: Grande Secretaria de Comunicação Social da GLEMA.