Novo Comandante Geral da PMMA é empossado pelo Governador Flávio Dino.

Venerável Mestre da A.´.R.´.L.´.S>´. "Deus, Justiça e Liberdade", nº 05, Irmão Pereira, é o novo Comandante.

 

Em cerimônia bastante concorrida com a presença do Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado do Maranhão, Ubiratan João de Castro, membros do Alto Corpo, Veneráveis Mestres e valorosos Maçons, cunhadas e sobrinhos, que presenciaram o ato solene onde o governador Flávio Dino deu posse, nesta segunda-feira (18), ao coronel José Frederico Pereira como comandante geral da Polícia Militar do Maranhão.

A solenidade, presidida pelo governador, contou com a presença de diversas autoridades, entre elas, o secretário de Segurança Pública, Irmão Jefferson Portela, da Secretária de Educação, cunhada Áurea Prazeres,  além de autoridades políticas e do Poder Judiciário. O coronel Pereira assume o cargo em substituição ao coronel Marco Antônio Alves, que comandou a PMMA durante o ano de 2015. Na ocasião foi dada posse ainda ao novo subcomandante, coronel Jorge Luongo. Ele ocupa o lugar deixado pelo coronel Ismael Fonseca.

O coronel Marco Antônio Alves agradeceu o apoio durante sua gestão e desejou sucesso ao novo comandante. Em seu discurso, o coronel lembrou também os avanços obtidos em sua gestão.

Em sua fala o Venerável Mestre, Irmão Pereira afirmou que sua gestão será pautada em um combate mais efetivo à criminalidade em São Luís e no interior do estado “Vamos seguir o planejamento do governo e temos como meta reduzir cada vez mais os índices de criminalidade”, disse o novo comandante geral, em discurso de posse.

Na oportunidade tomou posse o coronel Jorge Luongo, onde destacou que a meta será, também, a aproximação do policiamento com a comunidade. “Vamos implementar algumas estratégias para aproximar o policiamento da população, fortalecendo esse elo e trazendo confiança para o serviço prestado pela Polícia Militar”.

O coronel Frederico Pereira tem uma trajetória militar nas Tropas Especiais e começou a carreira no Exército. Atualmente, conta com 24 anos de Polícia Militar tendo vários cursos acumulados ao longo da carreira, como Operações Especiais do BOPE, Guerra na Selva no Exército e Segurança de Autoridade, realizado na Espanha. Foi membro da Força Nacional no Pan Americano e é instrutor da academia de Polícia. Antes de ser nomeado para assumir o posto máximo dentro da corporação, coronel Pereira estava desempenhando a função de Comando de Policiamento Especializado (CPE).

 

 

    Publicado em 19/01/2016 - fonte: Grande Secretaria de Comunicação Social, GLEMA.